Energia social

Logotipo Energia Social

 

O programa Energia Social para Sustentabilidade Local foi lançado em 2009 com o propósito de promover o desenvolvimento local, além de integrar e fortalecer os laços com as Comunidades onde a Odebrecht Agroindustrial atua. A Empresa já investiu mais de R$ 18 milhões no desenvolvimento de 68 projetos, que beneficiaram diretamente mais de 113 mil pessoas, dos nove municípios onde estão suas Unidades (100%), até a safra 2014/2015. A iniciativa é inovadora, pois trabalha com um modelo de governança participativa em que a Comunidade, a prefeitura e a Odebrecht Agroindustrial decidem, em conjunto, quais prioridades e projetos serão realizados.

As principais diretrizes do programa são: o processo participativo, o desenvolvimento de projetos autossustentáveis, que promovam a qualidade de vida local e a gestão por indicadores. A estrutura básica do Programa conta com um Conselho Comunitário e quatro Comissões Temáticas para cada município. Os temas são: Cultura; Educação; Atividades Produtivas e Saúde, Segurança e Preservação Ambiental. O modelo de gestão participativa requer a capacitação das pessoas para que elas entendam o seu funcionamento, qual a realidade local, o que são projetos autossustentáveis e o papel da Comunidade na gestão local. Isso busca trazer um maior protagonismo na construção do seu futuro. Os resultados do programa são monitorados por meio de indicadores que consideram, entre outros fatores, as diretrizes para investimento social privado da International Finance Corporation (IFC), instituição do Banco Mundial que apoia os investimentos privados nos países em desenvolvimento.