Destaques da safra 2014-2015

Governança

  • Mudança na composição acionária da Empresa: Odebrecht S.A. passa a deter 99,99% da Odebrecht Agroindustrial;
  • Conclusão da implantação do Programa de Conformidade.

 

Operação

  • A moagem da safra 2014/2015 atingiu 24 milhões de toneladas, maior marca registrada pela Odebrecht Agroindustrial;
  • TCH (Tonelada de cana por hectare): Evolução contínua da produtividade do 1º corte e da média do canavial;
  • Ampliação da Unidade Eldorado: Previsão de moer 3,5 milhões de toneladas de cana, aumento de 66% a partir de 01/05/2015;
  • Sinergia entre os Polos e a OD (Organização Dinâmica): Trabalhos conjuntos promoveram ganhos de produtividade e confiabilidade nos polos (a informação consta mais detalhadamente no item Tecnologia);
  • Recorde de processamento de cana-de-açúcar em um único dia na Unidade Santa Luzia, localizada em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul. A unidade moeu 32 mil toneladas de cana em um único tandem de moenda, marca nunca antes registrada por qualquer outra usina no mundo.

 

Comercial

  • Açúcar: 517,5 mil toneladas (US$ 187,8 milhões) exportadas para 24 países;
  • Etanol: 33,3 mil m3 (US$ 18,8 milhões) exportados para um único país, a Coreia.

 

Financeiro

  • Aporte pela Organização Odebrecht de R$ 836 milhões para aumento do capital e subscrição de debêntures privadas no total de R$ 2 bilhões;
  • R$ 5 bilhões (ex-debêntures) de captações e rolagens de dívida durante a safra 2014/2015;
  • Conclusão da operação de alongamento de dívida de R$ 3,5 bilhões;
  • Conclusão da segregação dos ativos de energia para a Odebrecht Energia Renovável (OER), no valor de
    R$ 3,7 bilhões.

 

Tecnologia

  • Implantação do projeto de enfardamento de palha da cana-de-açúcar (vencedor do Prêmio Destaque 2014 da Organização Odebrecht, na categoria Meio Ambiente). A Unidade Costa Rica foi a primeira a ter a tecnologia, cujo objetivo principal é ampliar a disponibilidade da palha como combustível nas caldeiras junto com o bagaço da cana-de-açúcar, maximizando a eficiência energética e a oferta de energia limpa;
  • Aumento do parque de colhedoras de duas linhas;
  • Instalação de uma caldeira de 100 bar na Unidade Eldorado.

 

Sinergias

  • Estruturação da Odebrecht Terras, que apoiará a estratégia de crescimento sustentável e será responsável pelo melhor aproveitamento de terras de cana-de-açúcar e de outras culturas;
  • Início da produção da Biocom, primeira empresa de Angola a produzir e comercializar açúcar, etanol e energia elétrica a partir da biomassa.