A Odebrecht Agroindustrial

A Odebrecht Agroindustrial, braço sucroenergético da Organização Odebrecht, apresenta o seu Relatório Anual safra 2014/2015, que compreende informações dos desempenhos econômico, social e ambiental referentes ao período de 1º de abril de 2014 a 31 de março de 2015, com abrangência sobre seus seis Polos Agroindustriais no Brasil – Araguaia, Eldorado, Goiás, Santa Luzia, São Paulo e Taquari. As informações cobrem todas atividades da Empresa no País e não apresentam limitações ou reformulações que possam afetar significativamente o entendimento dos públicos de relacionamento. O documento anterior foi publicado em novembro de 2014. |GRI G4-22, G4-23, G4-28, G4-29, G4-30|

Destinado a promover a transparência sobre suas atividades com seus públicos de relacionamento, este documento anual segue as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), que desenvolve um padrão de indicadores de monitoramento e gestão de impactos adotado por diferentes setores empresariais e organizações não governamentais em todo o mundo. Nesta edição, o relatório segue as diretrizes da geração 4 da GRI (GRI G4), na sua versão “de acordo” Essencial, cuja premissa é abordar os aspectos mais relevantes e de maior impacto para a Empresa e seus stakeholders. Sendo a versão final deste submetida à aprovação formal do Líder Empresarial da Odebrecht Agroindustrial. |GRI G4-48|

  • teste 01

Este Relatório Anual aborda informações sobre as práticas de gestão, os resultados alcançados no período analisado e as perspectivas para a safra 2015/2014. Para sua elaboração foram considerados os temas mais relevantes sob as óticas interna e externa do negócio, de acordo com consulta formal realizada em 2015 com os principais públicos de relacionamento: Clientes, Fornecedores Governo Local, Sociedade Civil e Integrantes. Os temas elencados e que compõem a Matriz de Materialidade da Empresa foram: Desempenho dos Negócios; Minimização do Impacto Ambiental; Uso Eficiente de Recursos; Ética, Transparência e Integridade dos Negócios; Condições de Saúde e Segurança dos Integrantes; e Contribuição para a Economia e o Desenvolvimento Locais. Para mais detalhes sobre o processo de engajamento com os stakeholders ver página 42. |GRI G4-18|

O processo de apuração dos dados e levantamento de informações e indicadores contou com a participação de todas as áreas da Empresa, incluindo entrevistas com as respectivas Lideranças das áreas agrícolas. Os indicadores abrangem todas as operações desenvolvidas – agrícolas, industriais, administrativas comerciais e de logística. A apuração seguiu normas nacionais e internacionais para dados econômico-financeiros, sociais e ambientais, sendo que os relacionados às práticas trabalhistas obedecem também às diretrizes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), reconhecidas pelo governo brasileiro.

As informações financeiras seguem os padrões internacionais de contabilidade (International Financial Reporting Standards – IRFS) e foram auditadas pela PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes. Os dados sociais e ambientais foram verificados internamente. Eventuais modificações nas bases de dados, em razão de ajuste de informações, são justificadas ao longo do documento. Fazem parte das demonstrações financeiras da Odebrecht Agroindustrial as seguintes entidades: Odebrecht Agroindustrial Participações S.A. (“ODB Par”), Agro Energia Santa Luzia S.A. (“Santa Luzia”), Brenco Companhia Brasileira de Energia Renovável S.A. (“Brenco”), Centro Sul Transportadora Dutoviária Ltda. (“Centro Sul”), Destilaria Alcídia S.A. (“DASA”), Odebrecht Agroindustrial Bioeletricidade S.A. (“ODB Agro Bioeletricidade”), Odebrecht Agroindustrial International Corp. (“ODB Int.”), Pontal Agropecuária S.A. (“Pontal”), Rio Claro Agroindustrial S.A. (“Rio Claro”), Usina Eldorado S.A. (“Eldorado”), Usina Conquista do Pontal S.A. (“UCP”). |GRI G4-17, G4-33|

O Relatório Anual Safra 2014/2015 está disponível, em português e inglês, para download no site da Empresa (www.odebrechtagroindustrial.com). O índice remissivo para consulta aos indicadores GRI encontra-se ao final do documento.  Para esclarecimentos, críticas ou sugestões em relação ao conteúdo apresentado, a Odebrecht Agroindustrial coloca à disposição o e-mail comunicacao.agroindustrial@odebrecht.com|GRI G4-31|